Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

Perdida

Imagem
Não tenho medo das mudanças
Mas tenho esperança
De que eu possa morrer em paz
Vivo em desespero
Quase perdida em fuga
Tem sido um tempo longo
As vezes a desilusão
Estraga a nossa vida
E de repente num dia
Qualquer acordamos
Bom é ser sempre verdadeira
fundamental é não sofrer
E nem morrer de amor
Apenas morrer
Existe amores impossíveis
De se viver
O melhor então
Será matá-lo de uma vez
Mas eu não consigo esquecer
O que já vivi
Embora eu tente
Ainda tenho um coração
Que bate
Não acredito que posso
Mas não quero mais 
Amar não é aceitar tudo
Não somos perfeitos
Só desejamos
O que é impossível 
Eu estou morrendo
Mas não posso dizer adeus!
O que posso levar comigo
São apenas lembranças
Estou fria como gelo
Não quero ficar aqui
Morri pra você