Segredos

Quando as  folhas caem
Sinal que o vento passou
e deixou o seu perfume
Mas eu nunca disse
Que te amava
tanto,tanto que
Me escondi
Talvez o segredo da felicidade
Deixe um gostinho na boca
Como um doce
Mas queria tanto,tanto
Que você me entendesse
Em um segundo tudo muda
A voz não sai
O coração quase pula
Pra fora do peito
Eu te amo
eu te adoro
O amor alimenta a essência
De uma história
Que pode começar
Ou continuar
Pena que parece segredo
Sorriso nos lábios
E amor no coração
Transformam
Inteiramente uma vida
Sabe o que guardo no peito
É o meu amor

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A tristeza que sinto agora

Trapo

Vontades paradas no tempo