Ajuste o que for justo

Quando o vento
Sopra meus cabelos
Sei que você está chegando
Para me dar um beijo
Eu sei que um dia vou precisar
Pedir perdão
Não importa qual o julgamento
Meu caminho é feito
De linhas imperfeitas
posso errar!
Quem nunca?
Não há palavras que
Explique o meu amor por ti
Quantas vezes eu chorei
Me sentindo sozinho
Com o coração quebrado
Mas sei que você me deu colo
Me acolheu
As vezes só precisamos
De alguém que nos ouça
Agradecimentos profundos
E sinceros
Nosso tempo é limitado
Por isso vamos aproveitar
Não gastar com alguém
Que não mereça
De pequenos gestos extraímos
O amor

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A tristeza que sinto agora

Trapo

Vontades paradas no tempo